segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Ninfeta gostosa perdendo a virgindade dando cuzinho

Olá meus amados leitores .Hoje vou contar como perdi o cabaçinho do meu cuzinho .Pois o da minha xoxotinha eu conto em um próximo conto.
Era feriado de páscoa,minha familia e eu sempre nos feriados de páscoa viajavamos,iámos para a fazendo do irmão do meu pai(tio Alex).Que ficava localizada no sete povos(interior do Rio Grande do Sul).
Dessa vez não foi diferente,fomos todos,chegando a fazenda de tio Alex,fomos nos acomodar .
Eu pedi para que meu pai me ensinasse a andar de cavalo,meu pai negou,pedi para tio Alex me ensinar,ele negou tambem.
Ninguem queria me ensinar,ficar com uma pirralia chata tendo que ensinala a andar e cavalo.
Tio Alex chamou Damião um peão da fazenda,Damião era moreno escuro do sul,alto,muito forte com pelos no peito,coxas grossas apertadas naquela calsa jeans velha e suja,uma camiseta branca,suja e suada,pois ele estava lavando e enciliando os cavalos.
Meu tio o chamou e deu a ordem que Damião me ensinasse a montar e galopar no cavalo,disse a Damião que me deixasse tão boa que eu poderia competir se quizesse.Claro que ele disse isso para me ver feliz e parar de encomodalos.
Damião me levou até os cavalos,escolheu um garanhão,me ajudou a montar no cavalo .Fiquei sentada em cima do cavalo enquanto Damião o puxava pelo ensilho,eu estava com uma calsa de ginástica branca,e uma camisa xadrez,meus cabelos longos estavam presos.
Damião caminhou comigo por uma estrada da fazenda,guiando o cavalo,e eu me sentido a dona do mundo,meu pai minha mãe e meus tios passaram de carro por nós,estavam indo no mercado no vilarejo ,que era um pouco longe da fazenda uns 40 minutos de carro,estavam indo comprar peixe pois era Sexta-Feira Santa.
Imaginei eu e Damião sozinhos naquela gigante fazenda,fiquei bem putinha em cima do cavalo,empinava minha bunda,e Damião nem me dava bola.
Pedi que me ajudasse a descer do cavalo,pois estava com minha bundinha cansada ,ele veio todo suado e me ajudou,me joguei em seus braços,minha bocetinha rossou na cara dele,estava suada,e minha calsa era branca colada,mostrava minha rachadinha e inchadinha buceta.
Montei no troco de uma árvore,e pedi que Damião sentasse atrás de mim e me ensinasse o movimento que eu deveria fazer com os quadris enquanto montava o garanhão.
Damião sorriu e falou:
-Olha menina,não vai me complicar aqui,oque seu pai falaria se visse essa cena que você quer?Iria perder meu emprego.
Eu olhei para Damião e falei:
-Não prescisa se preocupar,todos foram comprar peixe,e eu quero muito aprender vai,me ensina.
Damião montou atrás de mim,encaixou suas coxas e encostou aquela piça dura,que estava presa por sua calsa,e começou um movimento de vai e vem.
E eu bem safadinha empinava meu rabo e rossava gostoso.Vi que ele tava loco de tesão,pois não tirava os olhos do meu rabo.
Ele segurou minha cintura e apertou contra o corpo dele,e os movimentos ficavam mais fortes,e minha xaninha deixava minha calsa e o tronco da árvore muito molhados.Peguei as mãos dele e levei até meus seios,senti ele apertar e dar um longo gemido,abrindo com toda força os botões da minha camisa,ele arrancou todos,e meus seios pularam para fora.
Branquinhos macios,com meus biquinhos rosas.
Fui a loucura,aquele homen suado e sujo do trabalho,Damião abriu sua calsa e saltou para fora uma piça enorme e grossa e muito suada,ele saiu de trás de mim me tirou no tronco da árvore e me obrigou a chupar,lamber engolir toda sua extenção de piroca.
Me deliciei chupei muito gulosa,tirei minha calsa e pedi que ele chupasse minha xaninha,Damião se abaixou olhou para ela,e começou a lambe-la,dizendo que era a bucetinha mais linda,cheirosa e pequena que ele já havia visto,lambeu e lambeu enquanto batia uma bela e gostosa punheta .
Eu já estava estourando de prezer,pedi que ele enfiasse seu cacete na minha bucetinha.
Damião me olha e diz:
-Sua safada você está louca? Não vou comer sua bucetinha virgem não, não sou nem louco, não vai ser eu o otário que vai tirar esse selinho não.
-Quero é outra coisa,quero seu cuzinho.
Eu nunca havia dado meu cuzinho,somente minha xaninha,e ele estava achando que eu era virgem,e queria meter no meu cuzinho.
Disse a ele que não.
Ele me pegou no colo e disse que iria comer somente minha bucetinha,sorrindo,que sorriso sinico,me colocou montada novamente no tronco,e montou atrás e mim,como eu era baixinha na época meus pés não encostavam o chão,mas os dele sim,ele tinha toda a situação em seu controle,me curvou me fazendo abraçar o tronco,deu duas dedadas de guspe no meu rabo e falou :
-Você queria aprender a cavalgar,então hoje você vai aprender a cavalgar aqui no seu cavalo,minha égua.
E socou todo seu cacete no meu cuzinho que era virgem com todas as preguinhas no lugar,cravei minhas unhas na árvore que eu estava abraçada,apertei meu cuzinho para fechalo,e senti aquela piça toda me prenchendo,ele me segurou pela cintura e começou a bombar muito forte,trouxe meu corpo contra o seu,e apertava meus seios,pegava meu grelinho com a ponta de seus dedos,e bombava com toda aquela piça enfiada no meu cuzinho,.
Fechei meus olhos,e me senti cavalgando ,começei a gozar muito.
Eu ali sentada naquela piça dura com as mão apoiadas em suas coxas grossas e peludas,e a mão daquele homen suado masturbando meu grelinho,enquanto a outra me segurava trançando seu braço por volta da minha cintura.
Senti aquele jato quente dentro do meu cuzinho e muito mais lubrificação,aquele pau estava bombando inchadão duro de mais estava esporreando meu buraquinho rosa,enchendo de gozo ,olhei para baixo e via as bolas sujas de leite,aquele cavalo gritava tanto.
-Sua puta,ordinária,vem aqui sugar todo meu leite agora,com essa boca vem.
Eu pulei do tronco e começei a limpar o pau dele ,chupei muito,limpei tudinho,ele me olhou e falou:
- Sentiu o gosto do seu cuzinho,sua biscate,é gostoso né,que delicia de rabo esse,guriazinha.
Passei a mão pelo meu cu,senti ele arrombado abertinho e bem mohado,pedi para que ele lambesse meu cuzinho,ele prontamente veio lamber,passou a lingua e derrepente meteu sua piça novamente.
Me colocou de quatro na grama,e meteu gostoso,abria minha bundinha e socava aquele rolo groso e grande no meu cuzinho gozado,eu sentia todo me invadindo e me sentia uma cadelinha no cio,ali sendo currada por um peão.
Ele gozou novamente,tirou seu pau enfiou a cara e me deu uma mordida forte na bunda,saiu sangue e ficou marca.
Na hora eu levantei e briguei com ele,como ele poderia ter feito aquilo,ele me olhou e suado sorriu chegando perto de mim passou sua mão na entradinha da minha bucetinha e falou:
-Essa foi pra ti nunca mais esquecer quem arrombou esse cuzinho pela primeira vez,vai levar essa marca para sempre,tua sorte é que não arrombei essa xoxotinha,mas quem sabe eu resolvo fazer isso até domingo.
Ele levantou montou no cavalo e saiu em direção a fazenda do meu tio,me deixando ali ,nua e toda molhada gozada,arrombada,eu estava que não conseguia nem sentar de tanta dor,mas estava satisfeita,me sentindo uma mulher adulta coloquei minha roupa e voltei caminhando para fazenda.
Chegando lá ,já estavam toda a familia,meu tio chegou em mim e falou:
Damião me disse que te deixou no meio do caminho,e que você ainda não leva jeito para montaria,mas ele prometeu te deixar profissional até domingo,.
E toda a familia riu,mau sabiam eles que eu tinha montado e montado muito na piça de Damião

Marcadores: , , , , , , , , ,





Minha vizinha gostosa e tesuda tomando banho de sol pelada no quintal

Oi gente...
Me chamo Pedro,sou de Niterói(Rj),tenho 26 anos e essa história aconteceu comigo a uns 2 meses atrás.
Tenho uma vizinha deliciosa que se chama Gláucia.Uma loira espetacular,mais ou menos 1,70,peitos médios e uma bunda deliciosa.Sempre que acontecia de nos encontrarmos seja no clube,ou na praia,meu tesão por ela quase explodia.
Conheço ela há mt tempo,mas vendo ela de biquininho fio-dental era demais pra mim,meu pau latejava de tesão na cueca,só de imaginar aquela boca quente me chupando....
Até que um dia eu chegando do trabalho por volta das 19:00,encontro com a Gláucia na entrada da rua.Não nos víamos há algum tempo...
__Td bem Gláucia?O que houve pra voce sumir desse jeito?Não te vejo mais por aqui...
__Verdade Pedro.Depois que terminei meu namoro tenho andado meio desanimada...`
Só de ouvir o ''terminei meu namoro'' meu pau deu sinal de vida.Minha cabeça ja começou a imaginar uma série de loucuras com aquela maravilha.Então continuei:
__Nossa,que chato isso...Mas acontece.Agora que vc ta sozinha,já posso te convidar pra fazer algo.O que vc acha?
De cara ela respondeu:
__Sem problemas,e pq não?
Aquilo me deixou de novo com muito tesão.Peguei o numero dela e fiquei de ligar naquela mesma noite.Por volta das 21:00 liguei pra Gláucia,marcamos e por volta das 22:00,saímos
Ela estava estonteante,com um perfume cheirosíssimo e um vestididinho preto que me deixou de boca aberta.Seus peitos pareciam querer saltra do decote...
Fomos a um barzinho afastado da cidade,e lá batemos papo e com o efeito da bebida,a coisa foi esquentando...Num certo momento,perguntei a ela o porque do fim do namoro,e ela sem pestanejar respondeu:
__Acabou o tesão...
Sem pensar,e querendo deixar ela mais solta ainda soltei:
__Gostosa desse jeito,como alguém perde o tesão em voce??
Foi a deixa.Começamos a nos beijar loucamente ali mesmo,paguei a conta e fomos rumo ao Motel.
No caminho ela pegava meu pau,eu brincava com o dedo dentro da buceta dela,que ja escorria de tesão.
Entramos no Motel e eu ja fui tirando o vestiddinho dela e meu sonho estava se realizando:aquela deusa loira doida pra dar pra mim.Deixei ela só de calcinha e sutiã e vi q bunda perfeita ela tinha...
Não pensei 2 vezes.Caí de boca naquela buceta gostosa,e quanto mais eu chupava,mais ela pedia:
__Isso Pedro,chupa essa buceta,chupa.Depois quero sentir esse seu pauzão me rasgando no meio,todinha sua...Isso,que lingua gostosa do caralho,vai,vai,chupa essa buceta q a partir de hoje vai ser só sua,chupa gostoso,caralho q tesão...
Ela falava isso e meu tesão só aumentava.Meu pau parecia uma pedra dentro da cueca.Depois de chupar aquela buceta deliciosa,foi a vez dela colocar aquela boca quente e gostosa dela no meu pau.
Chupava e ficava me olhando,passando a lingua só na cabecinha,chupando meu saco,colocando meu pau inteirinho na boca...Náo aguentava mais.
Coloquei ela de 4 na cama e tive a visão mais perfeita na minha vida:aquele bundão empinado pra mim e ela me chamando:
__Vem Pedro,come essa bucetinha come...Vem meter esse caralho em mim,até o saco...Me faz sua putinha,sou toda sua...
Nem precisava.Coloquei a camisinha,botei a cabecinha e ouvi ela gemer.Continuei e coloquei tudo de uma vez só...Ela soltou um gemidinho de tesão e pedia pra eu come-la mais e com mais força:
__Me come cachorro,enfia essa pica na minha buceta....ta sentindo como ela ta molhada?Como ela ta molhando seu pau,cheia de tesão?
Eu bombava ela até o saco,segurando ela pela cintura e puxando seu cabelo...Depois de mutio meter nela de 4,ela veio sentar no meu pau com aquela buceta pingando de tesão...
Cavalgou gostoso,eu segurava os peitos dela com uma mão,e com a outra encaixava ela até o talo pegando na cintura...Que delícia tava fuder a Gláucia...Mas o melhor estava por vir...
Com ela cavalgando no meu pau,fui metendo o dedo no cuzinho dela,e ela adorando:
__Quer meu cuzinho,quer encher meu cuzinho de leite,quer?Vem meter nele então,quero sentir ele la no fundo...
Tirei o pau da bucetinha dela e bem devagarinho comecei a enfiar meu pau,que estava duro como uma rocha,naquele buraquinho rosinha e gostoso da Gláucia...Ela sentindo a cabeça passar,começou um rebolado que só de lembrar me deixa com tesão,ia rebolando e pedindo:
__Isso caralho,que pau gostoso no meu cu...Vai,come esse cuzinho.Tá gostoso?Então mete nele,mete...
Eu socava aquele cu com muito gosto.Entrava e saia com muito tesão.Meu saco batia na bunda dela e eu ja não conseguia mais segurar o gozo.
Avisei a ela q ia gozar,ela rapidamente veio na direção do meu pau pedindo meu leite:
__Me dá esse leitinho quente dá?Me dá essa porra todinha na minha boquinha,seu gostoso....Vou querer dar pra voce sempre agora,sempre sempre....
Ouvindo aquilo,gozei como há muito não gozava...Enchi aquela boquinha gosotosa da Gláucia de porra,e ela ia lambendo meu pau e engolindo meu leite todinho.
Ficamos ali na cama um pouco,e depois continuamos no chuveiro,eu comendo ela em pé,na pia,e novamente enchendo aquela boca deliciosa de leite...
Não vejo a hora de estar com ela novamente,estamos marcando pra passarmos mais uma noite de tesão

Marcadores: , , , , , , , ,





Casada gostosa puta e safada e marido que adora ser corno

Vou resumir os fatos ok, mesmo porque eu estava nervoso na hora, muita coisa parece que passou como um furacão na minha cabeça e não posso entrar em detalhes em certas coisas, até pra leitura não ficar cansativa também...
Esse conto é 100% real, e na verdade é mais um desabafo aqui.
Bom, o que vou contar aqui, é uma continuação do relato (Existe uma puta dentro de cada mulher) que fiz quando descobri que minha noiva foi infiel, por 3 vezes. E só não deu para outro por falta de oportunidade!
Ela me explicou tudo, dizendo que realmente sente tesão em outros, é algo mais forte que ela. Eu concordei em fazer papel de corno manso, contanto que ela sempre me contasse tudo! nada de mentiras... Ou seria o fim de tudo!
Tentei terminar várias vezes, mas ela diz que me ama demais e jamais vai permitir que eu termine com ela... Eu também a amo muito, e como ela me garantiu que nada mudaria entre a gente, exceto as novas experiencias, eu quis continuar, afinal eu amo e apesar do sentimento de humilhação que me veio de imediato, me senti muito excitado também...
Ela é branquinha, 18 anos, tem 1,58 altura, 54 kgs, muito gostosa de corpo e bem bonita de rosto! Tem pernas grossas e uma bunda que sinceramente, se eu fosse estressado brigaria com todos na rua... É grande e bem durinha!
Tem seios médios, cabem na boca, cabelo preto liso que chega perto da bunda e uma xoxota bem pequena e muito gostosa!
Eu sou viciado nessa mulher! Ela é gostosa e linda de fato!! minha mulher é um tesão...
Fazemos sexo como loucos também, transamos por 1a 2 horas sem descanso, não tem como! eu olho para ela e quero sempre comer...
Contudo, ela perdeu a virgindade comigo (aos quinze anos), fui o único dela e a viciei em sexo... Eu não deixo a desejar, na verdade ela diz que eu a satisfaço e muito bem, de fato ela fica muito assada e eu fico esfolado também. Mas ela deixou claro que sente um calor na xoxota, que se um homem a colocar contra a parede ela acaba cedendo as vontades do cara.
pra deixa-la mais solta, deixei que fizesse um orkut e um msn pra satisfazer suas vontades, e foi o que aconteceu, ela conheceu 2 caras que chamaram a atenção dela...
Para que fique claro: Era apenas para ela ficar no virtual, mas ela acabou indo além, e eu acabei aceitando de novo...
Ela conheceu um bombeiro e um rapaz mulato, ambos ela acabou dando o telefone para eles e enfim marcou de sair com o bombeiro primeiro.
- Amor, marquei com o leo (bombeiro) na terça, mas eu quero que você vá comigo!disse ela...
- Porquê Nina? você quer que eu veja você ficando com ele?? perguntei...
- Ele vem me pegar de carro. Quer me levar na casa dele e to com medo de ser um doido! disse ela...
- Tá, eu vou! você marcou o que? vai dar pra ele assim de cara?? perguntei...
- Não to afim... Só quero conhecer e ficar com ele, sabe? beijar, etcs! disse nina...
- Tá bom amor, eu vou!
também fiquei com medo do cara forçar algo. afinal é um cara que ela conheceu na net e se falaram apenas por msn e telefone. Mas no fundo sabia que ela ia dar pra ele...
Depois de uns dias de tensão, excitação e medo de sabe lá o que, encontramos o cara. Um cara normal de rosto, mais musculoso do que eu, sarado, só que mais baixo...
Ele me cumprimentou, apertou a minha mão (foi muito estranho isso), entrei no carro no banco do carona e minha noiva foi na frente com ele...
Assim que ele teve chance, já tascou um beijo nela e pegou na perna dela. Meu coração foi a mil com aquilo! Fiquei muito nervoso, e eles sequer olhavam pra trás...
já na casa dele, rolou uma conversa que não me interessava nem um pouco, acho que ele percebeu que eu não estava a vontade e falou que eu podia beber cerveja que tinha sobrado de uma festa. Nisso eles estavam num tremendo amasso no sofá, e o que me deixou pasmo é que minha noiva que é tão timida e mal vc pode escutar a voz dela, parecia estar acostumada a agir assim...
- Vem Nina... Vamos para o quarto. Pra ter mais conforto! disse o leo...
- Eu não sei... Nisso ela me olhou para ver a minha reação...
Eu engolindo seco, falei:
- Vai amor, eu fico aqui na sala bebendo um pouco e ouvindo vocês... disse pra ela!
Imediatamente o cara puxou ela para o quarto e lá ficaram de porta semi aberta.
Eu queria e não queria ver, meu estomago estava embrulhado, eu só fingia que estava bebendo pois meu estomago naquele momento iria rejeitar qualquer coisa. Era um frio na espinha enorme! Sinceramente, eu queria sumir de lá...
- Nossa, você é muito gostosa!!! Disse ele falando mais alto, enquanto eu pirava na sala! kk
- Hum... Vem também é gostoso! respondeu ela...
Ele estava de pau pra fora, ela punhetando. Ela já estava de calcinha e sutiã e ele alisando a xoxota dela hora por cima da calcinha hora enfiando os dedos por dentro...
nisso eu confesso que me excitei, e muito! meu pau ficou duro...
De repente quando percebi ela já estava sendo chupada por ele, nisso ela me viu e ficava me olhando fazendo cara de safada e prazer... até beijo a putinha me mandou! rsrs
Ali, meu medo passou completamente, eu queria a ver sendo comida!
Ele mamou os seios dela, depois chupou o pescoço lambeu a barriga dela e mandou ela sentar na beirada da cama... Nisso ele ficou de pé, e ela caiu numa mamada no pau dele que ela sabe fazer muito bem!
chupava o pau dele faminta... realmente, ela adora pica!! nas transas ela sempre me dizia que adorava pica, mas ali estava tendo a minha comprovação...
- Chupa sua puta!! Chupa minha piroca! ficava dizendo o leo...
Ela fazia cara de safada e engolia tudo o que podia... e dizia:
- Tá gostando tá? pirocudo!!
O cara que tinha um pau do tamanho do meu, não vi bem, acho que era do mesmo tamanho. Mas pra minha frustração, era mais grosso que o meu... bem mais grosso! fiquei com ciumes, ela podia passar a sentir prazer só com ele e me deixar...fiquei com um certo medo!
Ela pediu pra sentar no pau dele, e foi sentando aos poucos...
- Puta que pariu!!! dizia ela...
- Hummm....
- Teu noivo não te come não? que buceta apertada é essa!! disse o leo...
Nisso eu fiquei meio puto, mas ela realmente era muito apertada, meto com força nela, mas não adianta no dia seguinte ela tá apertadinha de novo...
- Essa pica que é grossa demais pra minha bucetinha! respondeu ela, provocando ele...
- É? Agora vc vai levar vara de verdade nessa buceta! disse o leo...
Ele a puxou pra perto dele, colando o corpo dela no dele e começou a meter freneticamente... Nisso eu já estava na porta olhando, mas não tive coragem de tocar uma punheta, só fiquei olhando...
Ela gritava demais... Ele enfiava até as bolas nela com toda força até cansar...
Ele diminiu o ritmo e depois mudaram de posição, foram para o papai e mamãe e depois de 4. Eles treparam por 40 minutos até que ele disse que ia gozar tirou a camisinha e esporrou na cara dela!
Ela ficou caida, toda aberta na cama e ele também... Ela me olhou sorrindo com cara de safada e disse:
- Gostou amor?? gostou de ver a sua putinha sendo comida por outro? e riu...
não tinhamos mais tempo, ele levou a gente embora pra casa, no caminho ela veio punhetando e chupando o pau dele...
Na nossa casa eu perguntei:
- E ai amor, gostou?
- Sim, e muito!! Não é igual a gente faz amor, mas eu gostei sim... Adorei sentir outra pica! respondeu ela...
- Que bom amor, eu também gostei, apesar do receio que senti no começo! Era mentira, eu to com medo até agora! rsrs... Não quero perder essa mulher de jeito algum!
- Que ótimo amor! Porque agora eu vou querer sempre uma pica diferente... Quero sempre um macho novo! e riu me beijando...
- Ahhhh!!! e fica tranquilo que NUNCA vou te deixar, te amo demais e vc é o marido perfeito!!! completou ela...
- Amor, agora eu quero o binho! e riu...
- É amor, agora vc quer o negão é? e como eu fico? perguntei brincando...
- Você é prioridade!! primeiro você, depois o resto... Amanhã eu quero você amor!
E nisso nos beijamos muito e fomos dormir um pouco...
É gente, eu acabei me tornando um corno manso mesmo! Essa mulher me dominou de um jeito inacreditável eu que sempre fui cabeça fechada, hoje estou tendo que ser mente aberta e aceitar dividir a minha gostosa, porque sem ela eu não fico, e se tentar proibir, sei que ela vai me trair e prefiro que continue assim, ela me contando ou me levando junto. Pra depois termos uma transa louca repletas de putaria onde ela goza muito e fica satisfeita!
é isso ai, espero que não reparem nos erros de português, mas preciso dormir urgente, acordo as 6 da manhã!
Espero que tenham gostado do desabafo

Marcadores: , , , , , , , , ,